CONTRARQUITETURA

MUSEU DE ARTE CONTEMPORÂNEA DE GOIÁS

Goiânia, Brasil | 2017-2018

 

Designed specifically to occupy the spacious spaces of the Museum of Contemporary Art, the exhibition Contrarquitetura, composed of installations, drawings and sculptures, brings to the public the opportunity to appreciate and make contact with a significant set of works made of unusual materials and distinct postures that characterize the work of the artist.
Having as a poetic matrix the concept of shadow and macula, Juliano Moraes tries to contaminate the normatizing sense that governs the museal symbology. Presenting to the public a museum of excess, according to the artist's own words, as an attempt to produce a new saying and, at the same time, make a barrier to this saying as an erasure. The proposal of Contrarquitetura is an experience with space in permanent construction and that, for this reason, must always be open. 
The exhibition Contrarquitetura at the Museum of Contemporary Art of Goias reaffirms the due importance of Juliano Moraes' artistic trajectory, which is part of a historical process of transformation of the arts in Goias. Since the 90's, he has become a diffusing element of contemporary art, actively acting on the national scene. Now returns to the museum after 16 years with a mature work, the fruit of a deep reflection sabre questions of the landscape of Goias, the relations between the subject and space ...

 

Gilmar Camilo
Curator of the Museum of Contemporary Art of Goiás

Projetada especificamente para ocupar  os amplos  espaços  do Museu de  Arte Contemporânea, a exposição Contrarquitetura,  composta por  instalações, desenhos  e esculturas, traz ao publico a oportunidade de apreciar e travar contato com um conjunto significativa de trabalhos constituídos de materiais inusitados e posturas distintas que caracterizam a obra do artista.
Tendo como matriz poética o conceito da sombra e da macula, Juliano Moraes intenta contaminar o sentido normatizador que rege a simbologia museal. Apresentando ao publico um museu do excesso, segundo  as palavras do próprio artista, como uma tentativa de se produzir um novo dizer e, ao mesmo tempo, fazer barreira a esse dizer como uma rasura. A proposta da Contrarquitetura é uma experiencia com espaço em permanente construção e que, por essa razão, deve estar sempre aberta. 
A exposição Contrarquitetura no Museu de Arte Contemporânea de Goias reafirma a devida importância da trajetória artística de Juliano Moraes, que faz parte de um processo histórico de transformação das artes em Goias. Desde os anos 90, tornara-se elemento difusor da arte contemporânea, atuando ativamente no cenário nacional. Agora retorna para o museu depois de 16 anos com uma obra amadurecida, fruto de uma reflexão profunda sabre questões da paisagem de Goiás, das relações entre o sujeito e o espaço...

 

Gilmar Camilo
Curador do Museu de Arte Contemporânea de Goiás

 

contact

juliano.art@gmail.com

 +351 91055-4102

Av. Fernão de Magalhães ,1360 - 3º esq.

4350-157 - Porto, Portugal